eroticon VI: respiração, pele, terra

01d - Cópia

 

marca-me a sangue, fere-me de faca no corpo, morde-me de fúria e desespero os ombros,
fecha o meu sexo nas tuas mãos e crava as unhas;
marca-me, rasga-me as costas e o peito
com a tua mais violenta e lasciva raiva de fêmea;
marca-me a carne sob a pele com os golpes vermelhos
dos nossos corpos libertos da distância, das palavras, do pensamento,
naquelas fragas inóspitas, naquela terra existente só para a nossa nudez;
a pele, entre a respiração da atmosfera e a fecundidade da terra

vem, que a vida não volta

14 de Junho de 2016

 

*

Fotografia: Duane Michals (n. 1932), Newlyweds at the window, 1962.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s