derrotas

DSC02396 - Cópia

 

há quatro biliões de anos existia um bola de fogo e magma no centro da nossa escuridão
arrefeceu e na descoincidência da terra com a crosta formaram-se os lagos, os rios e os oceanos
no vazio disforme do intervalo das rochas a subirem do mar

há trezentos milhões de anos, na escuridão interior do carbonífero que hoje o metal desfaz,
as aves ainda não abençoavam os céus, o clima era quente e húmido, os fetos subiam a vinte metros de altura

há sessenta e cinco milhões de anos quase todas as formas da vida foram extintas pela derrota* de uma rocha que incendiou os céus ignotos

mas vida venceu e tornou sobre a terra nihil
: há duzentos mil anos, na esterilidade da penúltima glaciação, criámos as lágrimas, e assim a morte e a arte

hoje, o cansaço cobre a rotação da terra na derrota dos dias e das noites

 

 

*derrota é a palavra antiga para rota.

 

*

Fotografia: Junho de 2017.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s